MEIGO SONHO

 

 

Vestida em brancas nuvens

Qual espelho de minha alma

Pequena grande lembrança

Transcende meus sonhos

Eu fico apreciando

O vôo de aves coloridas

Em nuvens a correr, fazendo formas

Castelos da cidade

E o corcel moderno... rastros de fumaça

Alegre a tamborilar, tamborilar

Ah! Menina meiga e linda

Princesinha dos olhos de anil

A deixar minha vontade forçar imagens

Amargo sabor da ausência

Fico a imaginar

O desfile de seus bonecos

Seus castelos de brinquedos

Seu cavalgar

Upa, upa cavalinho alazão

Leve-me em seus sonhos, não me deixe acordar.

 

Ester Moore

 

Voltar

 

CANTINHO DA RITINHA